Promoção Aéreas » Pontos turísticos » Como ir para Fernando de Noronha gastando pouco

Como ir para Fernando de Noronha gastando pouco

Acompanhe neste artigo algumas dicas para fazer com que a sua viagem à Fernando de Noronha saia mais em conta sem ter que deixar de apreciar e aproveitar de todas as suas belezas naturais.

O arquipélago Fernando de Noronha é considerado um dos mais belos do mundo, sendo um dos mais visitados todos os anos. Sua extensão compreende uma rica história cultural, vários pontos turísticos naturais, diversas opções de lazer para pessoas de todas as idades,  onde há tranquilidade e entretenimento, tudo para agradar os visitantes.

É visto também como um lugar caro, não somente em relação aos seus serviços locais, mas também para chegar até lá, se hospedar, se alimentar e se locomover durante toda a sua área. Mas existem algumas dicas que podem te ajudar a economizar nessa incrível viagem, veja abaixo algumas delas.

Prefira visitar a região na sua baixa temporada, entre os meses de Abril, Maio e Junho. Isso pode gerar uma grande economia devido a melhor negociação e a diminuição do preço dos serviços locais.

Como ir para Fernando de Noronha gastando pouco

Os pacotes de viagem costumam propor várias ofertas para esse local com grandes descontos durante esse período e ainda podem dividir o valor em até dez vezes sem juros em cartões de crédito. Em relação as passagens aéreas, opte por comprá-las com antecedência, após realizar várias pesquisas de preço.

Observação: Somente a GOL e a Azul realizam transporte até a ilha.

Taxas

Para permanecer no arquipélago, todo e qualquer visitante terá que pagar uma taxa ambiental diária de R$ 45,60 reais. Esse custo poderá ser pago no aeroporto, logo no momento do desembarque ou pela internet (pelo menos 3 dias antes da data da viagem).

Existe ainda a taxa para a entrada no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, onde o turista terá que pagar R$ 65,00 reais (brasileiros) e R$ 130,00 reais (estrangeiros) a cada 10 dias de estadia no local. Esse valor irá gerar uma carteirinha ao visitante e possibilitará que o mesmo participe de quase todas as atrações presentes no local, como acesso as praias Leão, Sueste, Atalaia, Baía dos Porcos e Sancho.

Hospedagem

Para economizar em relação a hospedagem, o melhor a fazer é escolher pousadas durante os dias que irá permanecer na ilha. Elas oferecem ótimos serviços, mas são mais simples que os hotéis encontrados por ali. Veja abaixo algumas delas:

» Pousada Solymar;
» Pousada Atalaia;
» Pousada Aleffawi;
» Pousada Ocean;
» Pousada da Mana;
» Corrente Marítima Pousada;
» Pousada Portal dos Golfinhos.

Alimentação

As opções de restaurantes mais baratos do arquipélago são:

» Museu dos Tubarões;
» Ecologiku´s;
» Mergulhão (pescados);
» Cacimba Bistrô.

Lazer

O melhor a fazer é pesquisar os passeios gratuitos e os que saem mais em conta. O Projeto Tamar oferece várias programações durante todo o dia para os turistas gratuitamente. O passeio pela Baía dos Golfinhos podem ter custo zero se o visitante chegar até lá por conta própria, os passeios de barco custam aproximadamente R$ 90,00 reais, mergulho entre R$ 220,00 reais à R$ 270,00 reais e o Ilhatur R$ 85,00 reais (por pessoa).

Receba promoções em primeira mão.

Outras Dicas:


Comentários para: Como ir para Fernando de Noronha gastando pouco



Google+