Promoção Aéreas » Pontos turísticos » Dicas para viajar com o dólar alto

Dicas para viajar com o dólar alto

Mesmo o dólar estando em alta você deseja viajar para um destino internacional? Acesse esse artigo e confira dicas incríveis que te auxiliarão a reduzir os custos sem grandes dificuldades.

Conhecer alguns destinos no exterior é o sonho de milhares de brasileiros e graças a algumas facilidades proporcionadas por vários continentes, boa parte deles vem conseguindo realizar suas vontades e por vezes ir além dos seus desejos.

Os centros turísticos internacionais dispõem de infraestruturas e atrações incríveis, uma cultura e historicidade local completamente apaixonante, hospedagens e centros alimentícios de excelentíssima qualidade e opções de entretenimento que contagiam todos os tipos de público.

A grande dificuldade que os viajantes brasileiros estão encontrando nessa articulação é a financeira, principalmente neste período em que o país se encontra em crise e o dólar está subindo cada vez mais – ultrapassando a marca de R$ 3,00 reais.

Sair do planejamento orçamentário não é algo recomendado por especialistas, principalmente quando o assunto são viagens para países onde a moeda de troca mais importante é o dólar. É visível que a cotação da moeda americana vem se tornando um empecilho nesse processo, com relevância para aqueles indivíduos que desejam ir para os EUA e Canadá.

Se mesmo com essa disparada e oscilação de preço você deseja ou é necessário ir para uma das cidades da América do Norte, confira a seguir alguns truques do portal para economizar nos gastos e cortar custos desnecessários. Aproveite e comece agora mesmo a planejar o seu roteiro!

⇒ 1. Programe-se com antecedência, para conseguir serviços por baixos custos.

Dicas para viajar com o dólar alto

Mulher no aeroporto.
(Foto: Reprodução)

⇒ 2. Compre os dólares aos poucos, assim evitará a mudança drástica de preço.

⇒ 3. Escolha destinos menos frequentados por turistas ou viaje na baixa temporada.

⇒ 4. Antes de comprar os dólares, faça pesquisa de valores nas casas de câmbio, porque podem existir variações.

⇒ 5. Se for fazer compras com cartão, prefira a modalidade de débito para garantir a cotação em que se encontra no dia no mercado.

⇒ 6. Faça reservas em hospedagens, de acordo com as suas necessidades e poder aquisitivo. Pesquise preços, serviços, qualidade de atendimento e outras informações antes de escolher em qual lugar irá ficar.

Obs: Existem formas de hospedagem alternativa em boa parte desses países, onde as pessoas trabalham em algumas horas do dia ou da noite para pagar sua diária.

⇒ 7. Estude os preços dos estabelecimentos alimentícios, assim conseguirá comer bem sem gastar muito. Em alguns casos, é recomendado que comprinhas sejam feitas em mercados, principalmente de lanches, para evitar ficar gastando nos pontos turísticos, onde os preços são altíssimos.

⇒ 8. Analise as opções de transporte e veja qual compensa mais, de acordo com a quantidade de dias que irá permanecer no local e qual a intensidade de mobilidade que irá precisar.

⇒ 9. Optar pelos pontos turísticos gratuitos e comprar pacotes promocionais com descontos para os pagos com antecedência.

⇒ 10. Abusar de todos os aplicativos e sites de descontos existentes para fazer compras, comer e se divertir.

⇒ 11. Confira sempre as dicas de outros turistas, entrando em contato o quanto antes para saber o que pode ser feito para economizar, não cair nas armadilhas de vendedoras ambulantes, taxistas, etc.

Receba promoções em primeira mão.

Outras Dicas:


Comentários para: Dicas para viajar com o dólar alto



Google+