Promoção Aéreas » Pontos turísticos » Limite de compras no exterior por pessoa

Limite de compras no exterior por pessoa

Veja nessa matéria quais são as principais regras impostas pela Receita Federal em relação a prática de compras no exterior.

Milhares de pessoas estão aproveitando as viagens internacionais para fazer suas comprinhas, adquirindo produtos de excelentíssima qualidade, marcas renomadas e diversos lançamentos por preços inferiores aos disponíveis no comércio brasileiro.

Devido a esse elevado e descontrolado consumo, a Receita Federal vem ditando normativas que regem os limites de aquisição de várias mercadorias e quem desobedecer as regras estipuladas poderão ter seus itens apreendidos ou terão que pagar uma multa de aproximadamente 50% sobre o valor excedente.

Gasto máximo

Para quem viaja de avião, o valor extremo é de US$ 500 em compras, já para quem opta por transporte terrestre ou náutico, essa taxa cai para US$ 300.

Controle de unidades

» Bebidas: 12 litros e mais 24 garrafas do Duty Free (somente estas não são tributadas).

Limite de compras no exterior por pessoa

Fazendo compras.
(Foto: Reprodução)

» Cigarro: dez maços, mais 20 maços do Duty Free (somente estes não são tributados).

» Cosméticos: dez unidades do mesmo produto por indivíduo. Se a quantidade portada não for exagerada, não haverá tributação, mas caso contrário, as multas serão adicionadas na aduaneira.

» Câmera fotográfica e celular: um por indivíduo. Não entram na cota de gasto máximo porque são classificados como objeto de uso pessoal, porém, deverão estar fora da embalagem e para mostrar que já foram utilizados.

» Câmera filmadora: duas por indivíduo. Só entram na regra de exclusão da gota se além de filmarem, fotografarem.

» Equipamentos fotográficos: não compre mais de 10 unidades, nem que eles sejam de marcas diferentes, assim não será barrado.

» Videogame, notebook e outros eletrônicos: um de cada tipo por indivíduo.

» Relógio: três por indivíduo. Não entram na cota de gasto máximo porque são classificados como objeto de uso pessoal, porém, deverão estar fora da embalagem e para mostrar que já foram utilizados.

» Roupa e sapato: três de cada tipo/modelo. Não entram na cota de gasto máximo porque são classificados como objeto de uso pessoal, porém, deverão estar fora da embalagem, para mostrar que já foram utilizados, sendo do tamanho do usuário.

Atenção!

Tenha sempre consigo as notas ficais dos produtos que você levou para o país e também dos que adquiriu na região, para assim pagar os impostos apenas do que foi comprado no local e não do que já possuía.

Receba promoções em primeira mão.

Outras Dicas:


Comentários para: Limite de compras no exterior por pessoa



Google+