Promoção Aéreas » Pontos turísticos » Madrinha pode ter responsabilidade civil pelo afilhado? Viagem com menores

Madrinha pode ter responsabilidade civil pelo afilhado? Viagem com menores

Quer viajar com o seu afilhado, mas não sabe quais os termos burocráticos exigidos para tal prática? Acesse essa matéria e ficque por dentro do assunto.

O batismo dos cristãos é considerado muito importante para a Igreja Católica, onde a madrinha escolhida para realizar o apadrinhamento da criança terá responsabilidades de cuidar, educar e proteger seu afilhado junto ou não aos responsáveis por ela.

Essa relação pode vir a ser estabelecida tanto em âmbito religioso, quanto civil, sendo que no segundo caso a mulher pode tomar a decisão de sustentar o indivíduo (menor de idade), proporcionando auxílios financeiros, sem ter a responsabilidade de adotá-lo.

Mesmo sendo considerada popularmente como “a segunda mãe”, a madrinha não pode viajar com o afilhado sem ter em mãos a autorização dos pais autenticada em cartório, conforme as exigências do Governo e do Juizado de Menores.

Documentos exigidos

Destinos nacionais

Madrinha pode ter responsabilidade civil pelo afilhado? Viagem com menores

Madrinha e afilhada.
(Foto: Reprodução)

» RG da madrinha – maior que 21 anos.
» RG ou Certidão de Nascimento da criança.
» Documento comprovando a ligação de apadrinhamento.
» Autorização dos pais ou responsáveis da Vara da Infância e da Juventude.

Destinos internacionais

» RG da madrinha – maior que 21 anos.
» RG ou Certidão de Nascimento da criança.
» Documento comprovando a ligação de apadrinhamento.
» Autorização dos pais ou responsáveis da Vara da Infância e da Juventude.
» Passaporte expedido pela Polícia Federal (para a madrinha e afilhado – ou autorização).
» Documento autenticado em firma com os dados da criança e dos responsáveis, contendo ainda informações do país escolhido para viagem, sua duração e o motivo da ida ao exterior.

Observação: A variação de documentos irá depender do estado em que os indivíduos se encontram e para aonde querem ir.

Aviso

Por se tratar de uma pessoa que não é da família (“de sangue”), a burocratização da viagem será ainda maior, portanto, planeje-a com antecedência e antes de ir para o destino escolhido verifique se toda a documentação pessoal e do afilhado estão em ordem.

Receba promoções em primeira mão.

Outras Dicas:


Comentários para: Madrinha pode ter responsabilidade civil pelo afilhado? Viagem com menores



Google+